sábado, 31 de outubro de 2009

Quero ser feliz!


E aqui estou eu, enconstada a esta parede tão fria que ainda me faz sentir mais na solidão... Neste chão duro e incomodo que por si também está gelado!
Por mais estranho que pareça sinto-me cómoda ao estar aqui sentada com o meu carderno de Geografia sobre as pernas, talvez porque nele escreve tudo o que me vai na alma sem ter de dar justificações do porque de sentir o que sinto e como sinto.
Falta-me aqui os braços daquela pessoa que se vai tornando tão especial aos poucos e poucos, aqueles braços quentes, que me fazem sentir tão protegida!
Mas sinto-me feliz, e se me perguntarem porque, talvez nem saiba responder...Estou feliz, porque sim, porque quero estar feliz, e porque não vou ficar triste por causa por motivos que provavelmente não são o suficiente para me levarem de novo para o fundo do poço, até porque hoje não tenho os teus braços, mas amanhã posso ter!!!
Podem-me chamar louca, ou tudo o que quiser por ir buscar a minha felicidade aos sitios mais estranhos, mas eu não me importo!
Sou feliz assim e depois?!

Sem comentários:

Enviar um comentário